Fábrica própria SP/BRASIL

Cinto de segurança paraquedista: equipamento ideal para trabalho em altura

Cinto de segurança paraquedista: equipamento ideal para trabalho em altura

Um dos principais acessórios que são fundamentais para garantir a integridade física e proteção dos profissionais em trabalhos de alta periculosidade é o cinto de segurança paraquedista. Uma vez que, segundo a NR-35, caracteriza-se trabalho em altura toda a atividade acima de 2 metros da superfície, onde há risco de queda, todo cuidado com a segurança é indispensável.

Neste artigo, você entenderá um pouco mais sobre a Norma Regulamentadora nº 35, como utilizar o cinto de segurança paraquedista, seus tipos e a sua importância para a proteção da equipe em trabalhos em altura.

NR-35: segurança para trabalho em altura

A Norma Regulamentadora nº 35 determina os critérios de segurança para trabalho em altura, estabelecendo seu planejamento, organização e execução. Dessa forma, a proteção e saúde dos profissionais no ambiente de trabalho é assegurada de modo eficaz.

De acordo com a norma, considera-se um profissional apto para o trabalho em altura aquele que foi subordinado e aprovado nos treinamentos específicos, tanto teóricos quanto práticos, com carga horária de, pelo menos, oito horas. Portanto, esse tipo de trabalho só poderá ser realizado por trabalhadores devidamente treinados e aprovados pelos critérios da NR-35, ressaltando a necessidade de supervisão das chefias responsáveis pelo setor.

Além disso, deverá ser feita, obrigatoriamente, uma rigorosa inspeção pela Segurança do Trabalho do local de atuação antes do início do trabalho em altura, bem como do profissional que irá realizar o serviço. Sendo assim, é de responsabilidade da fiscalização e dos trabalhadores que o local esteja sinalizado com o auxílio de placas indicativas, além de realizar um isolamento para a prevenção de acidentes com transeuntes ou pessoas que estejam trabalhando embaixo.

É válido destacar, ainda, que o uso do cinto de segurança paraquedista é indispensável para trabalhos em altura superior a 2 metros com 2 talabartes, bem como acessórios como capacete, luvas e calçado de segurança. É preciso ressaltar que, para evitar acidentes, os equipamentos não podem ser deixados de forma desordenada nos locais de trabalho, como andaimes, plataformas ou demais estruturas elevadas.

Além disso, as ferramentas utilizadas não podem, em nenhuma hipótese, serem transportadas em bolsos, sendo necessário o uso de sacolas especiais ou cintos apropriados. As instalações elétricas provisórias, por sua vez, são de exclusividade de eletricistas autorizados, que farão o procedimento correto. Todo trabalho em altura deverá ser previamente habilitado pela Segurança do Trabalho a partir da emissão de Autorização para Trabalho de Risco.

Como utilizar o cinto de segurança paraquedista

Em conformidade com o tópico 35.5 da NR-35, o Sistema Proteção Individual Contra Queda (SPIQ) é caracterizado pela retenção de queda, de posicionamento no trabalho, de restrição de movimento ou de acesso por cordas. Nesse sentido, as condições de segurança em trabalho em altura devem estar presentes durante todo o procedimento, contando com o auxílio do cinto paraquedista e todas as suas funcionalidades.

Isso significa que, além de adquirir o cinto de segurança paraquedista, o trabalhador deve possuir total conhecimento sobre sua utilização, além de contar com o treinamento necessário para garantir sua integridade física e o melhor manuseio do equipamento, evitando erros de aplicação e acidentes graves.

Deve-se considerar, ainda, as especificidades dos dois tipos de cintos, ativo e passivo. O ativo tem como objetivo pendurar totalmente o usuário pelo cinto durante a execução do serviço, sendo muito utilizado por bombeiros resgatistas e alpinistas industriais. Já o passivo é recomendado para aqueles profissionais que trabalham em atividades em altura com alto risco de queda, sendo utilizado apenas sobre uma plataforma, piso, escada, telhado ou andaime.

A utilização de equipamentos de qualidade para ampliar a segurança do trabalho é inquestionável, e a Polifitema atua no mercado oferecendo os melhores produtos, como o cinto de segurança paraquedista, para aumentar a proteção e integridade de sua equipe durante os serviços.

Veja mais: Trabalho em AlturaIçamentoCupilhaModal



Deixe uma resposta