Fábrica própria SP/BRASIL

Polifitema – Movimentação de Cargas

Conheça mais sobre os tipos de talabarte e suas características

Para a realização de um trabalho em altura, a legislação aponta uma lista de cuidados essenciais de segurança. Além da capacitação do funcionário, existe uma série de equipamentos específicos que evitam quedas e diminuem os riscos desse tipo de atividade.

Conhecidos como EPIs – Equipamentos de Proteção Individual – esses materiais devem ser entregues gratuitamente aos colaboradores e em excelente estado para uso.

Veja também como reduzir os riscos de um trabalho em altura

A lista de equipamentos é extensa, e envolve sapatos adequados, bem como capacetes, óculos, cintos de segurança e luvas. Porém, neste artigo vamos conhecer mais detalhes a respeito de um dos principais deles, o talabarte.

Confira abaixo mais informações:

– O que é um talabarte?

Especialmente formatado para dar total proteção ao trabalhador que realiza atividades em altura, o talabarte conecta o cinto de segurança ao ponto de ancoragem. Dessa forma, mantém o trabalhador interligado ao local que está realizando o serviço.

Geralmente, esse produto pode ser fabricado de materiais como nylon, poliamida, poliéster, entre outros.

– Quais são os tipos de talabarte?

Existem 3 tipos de talabartes: Simples, Duplo e de Posicionamento. A seguir iremos explicar as funcionalidades e para que são usados cada um desses tipos:

Simples

Tipos de talabarteO modelo mais comum de talabarte conta com apenas um ponto de ancoragem. Sendo assim, funciona muito bem em momentos onde é necessário que o funcionário se prenda antes de ficar exposto a uma situação de risco por altura.

Porém, vale ressaltar que esse tipo de talabarte não é indicado como item de segurança em qualquer situação. Quem trabalha em andaimes, por exemplo, deve utilizar um talabarte duplo para que possa se locomover com toda a segurança.

Duplo

Já o talabarte duplo é um produto extremamente necessário para diversos trabalhos em altura. Com uma ancoragem para conexão a um cinto especial e dois ganchos para ancoragem, esse equipamento protege a coluna do trabalhador ao amenizar o impacto de quedas violentas.

O mais indicado é que o talabarte duplo com cinto de segurança seja utilizado em mais de um ponto de conexão, pois – necessariamente – a conexão não deve ser feita nas costas do cinturão, mas sim na parte frontal.

Nesse contexto, vale ainda ressaltar que o talabarte duplo se destaca porque torna possível a movimentação do funcionário, mesmo enquanto ele está ligado ao dispositivo de ancoragem.

Posicionamento

Por fim, o talabarte de posicionamento – como o próprio nome indica – funciona como um instrumento de posicionamento durante o trabalho em altura. Sendo assim, ele é utilizado pelo colaborador para seu conforto durante as atividades.

Um profissional que limpa vidros, por exemplo, precisa usar as duas mãos e necessariamente deve estar numa posição favorável, que não traga prejuízos ao corpo e que permita a eficiência da limpeza.

Este acessório deve ser utilizado com um modelo de cinto que conte com um ponto de conexão na parte abdominal. Vale ainda lembrar que o trava-quedas também é um importante equipamento nesse processo.

Se você identificou que precisa de novos investimentos em talabartes de qualidade, entre em contato agora mesmo com a Polifitema!

A empresa oferece diversos modelos de talabartes, todos certificados pelos mais altos padrões de segurança do trabalho. Além disso, o catálogo conta com outros produtos, como trava-quedas e correntes.

Clique aqui para acessar o blog e obter mais informações

Conheça os procedimentos de trabalho em altura pela Polifitema

Conheça mais os produtos da Polititema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga


Deixe uma resposta