Fábrica própria SP/BRASIL

Dicas de segurança para condutores de caminhão

Dicas de segurança para condutores de caminhão

O transporte rodoviário de cargas é, sem dúvidas, um dos principais motores da economia brasileira. Segundo dados do Banco Mundial, o país tem uma das maiores movimentações rodoviárias de mercadoria do mundo, representando cerca de 60% dos bens nacionais e tendo seu custo estimado em, aproximadamente, 6% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

No entanto, os acidentes nas estradas envolvendo caminhões estão classificados como a terceira maior causa de óbitos no trânsito brasileiro. Outro dado alarmante diz respeito aos assaltos e furtos de cargas, responsáveis por um prejuízo de R$ 6 bilhões de acordo com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Para trazer mais segurança às estradas e aos profissionais que atuam no setor, foi criada, em 2012, a Lei do Caminhoneiro. Atualizada três anos depois, ela impõe uma série de medidas de segurança a serem seguidas por condutores e traz garantias e direitos trabalhistas aos motoristas.

As principais dicas de segurança para caminhoneiros

Visando diminuir os riscos de acidentes e exposição a quadrilhas criminosas, todo condutor de veículos pesados deve atentar-se a uma série de condutas, tais como:

Evitar paradas no meio da estrada

Durante uma jornada de trabalho, todo motorista pode precisar lidar com contratempos, como pneus furados, problemas mecânicos ou necessidades fisiológicas. Nesses casos, o ideal é procurar sempre um local seguro para resolver o problema, como postos policiais ou de gasolina, diminuindo as chances de roubos e acidentes.

Evitar vazar detalhes sobre o carregamento

Em hipótese alguma o condutor deve comentar informações sobre cargas e destinos. Manter a discrição durante as paradas para descanso, alimentação, abastecimento ou manutenção é regra de ouro.

Atentar-se às boas práticas no volante

Vias e estradas são ambientes altamente perigosos se a devida atenção não for dada aos condutores ao volante. Dentre os principais pontos a serem considerados e colocados em prática, destacam-se:

– Verificar, antes do início da viagem, itens do painel, rádio, GPS e ar-condicionado;

– Usar o cinto de segurança;

– Segurar sempre o volante com as duas mãos;

– Olhar os retrovisores assiduamente;

– Manter braços e pernas dobrados a fim de reduzir as chances de lesões;

– Apoiar o corpo no assento, o ideal é manter em 90 graus;

– Ajustar o encosto de cabeça, de preferência na altura dos olhos;

– Manter os calcanhares apoiados no chão;

– Usar sapatos fixos aos pés, evitando chinelos e afins;

– Evitar distrações, como o uso de celular e outros equipamentos;

– Respeitar os limites de velocidade.

Escolher rotas conhecidas

A pressa é a grande inimiga do homem, e, muitas vezes, a escolha por caminhos alternativos e desconhecidos podem ser extremamente perigosos. Todo o planejamento deve ser feito previamente, com a seleção das devidas rotas, pontos de parada e tempo previsto de viagem.

Redobrar a atenção à noite

Dirigir no período noturno traz algumas vantagens, como a diminuição das altas temperaturas e a redução do fluxo de veículos. No entanto, além do perigo iminente de assaltos, a escuridão pode gerar baixa visibilidade na estrada e sonolência, aumentando o risco de acidentes. É válido optar por guiar com as janelas fechadas nesse horário.

Fazer manutenções preventivas

É fundamental que todo veículo seja inspecionado periodicamente a fim de evitar problemas mecânicos, acidentes e despesas indesejadas. O recomendado é que o condutor verifique pneus e outros componentes antes do início de cada trecho.

Uso de equipamentos para amarração de cargas

A escolha pela utilização desses itens diminui exponencialmente as chances de tombamento das mercadorias transportadas, ocasionando em perda dos materiais ou até acidentes. Para isso, é extremamente importante a aquisição de equipamentos adequados e de qualidade para a movimentação de cargas e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Visando a amarração e movimentação de carga de forma segura e com alta performance, a Polifitema oferece uma linha de equipamentos que garantem a proteção das mercadorias, como ganchos, correntes e cintas.

Veja mais: Elevação de cargaCinta Nylon CargaFator de queda Cinto de SegurançaTipos de Talabarte



Deixe uma resposta