Fábrica própria SP/BRASIL

Polifitema – Movimentação de Cargas

Dicas especiais de segurança no trabalho que você deve aplicar

Confira as principais dicas de segurança do trabalho envolvendo equipamentos de proteção individual, e veja onde encontrar gancho para amarração de cargas pela internet.

Cerca de 700 mil pessoas sofrem acidentes de trabalho no Brasil. Essas ocorrências podem acarretar em ferimentos sérios, lesões irreversíveis e até mesmo falecimentos. Diante desses fatos, é preciso reforçar os cuidados de segurança no trabalho e prevenção.

Saiba mais: Como criar campanhas de conscientização para funcionários.

Dicas de segurança no trabalho com EPIs

Evitar exposição desnecessária aos riscos

Boa parte dos acidentes acontece por imprudência do próprio trabalhador. Situações próximas ao funcionário que oferecem perigo iminente devem ser evitadas ao máximo, e essa política deve ser difundida por toda empresa, para que todos estejam plenamente cientes.

Nesse sentido, os gestores devem investir na conscientização dos funcionários em relação à realização da atividade, seja um trabalho em altura ou envolvendo a movimentação de cargas por meio de EPIs. Em todas as situações deve haver algum protocolo de segurança especial para proteger os envolvidos.

Quando o risco presente é entendido, passa a ser calculado pelos trabalhadores, o que fortalece a prevenção de acidentes.

Alguns segmentos profissionais envolvem perigos intrínsecos, porém, mesmo nesses casos o trabalhador conta com equipamentos de proteção individual.

Exigir o uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual)

O empregador é obrigado a fornecer aos seus funcionários, sem custo algum, todos os equipamentos de proteção individual que sejam necessários para a atuação.

Os trabalhadores contam com diferentes demandas de atividades, que exigem determinados equipamentos de proteção para garantir uma tarefa com segurança. Cada trabalho executado conta com particularidades que exigem EPIs específicos.

Da mesma maneira, uma vez que os EPIs já tenham sido entregues ao colaborador, ele é obrigado a fazer uso dos equipamentos e também prezar pela manutenção deles. Nesse sentido, é de responsabilidade do trabalhador a utilização durante o desempenho de suas funções.

Isto é: a empresa tem o dever de fornecer e o trabalhador tem o dever de usar cada um dos EPIs.

Abdicar de ferramentas desatualizadas e/ou em más condições

Os equipamentos constam de itens que podem apresentar problemas e desgaste com o passar do tempo, por isso prezar pela atualização do maquinário é parte fundamental do protocolo de prevenção de acidentes.

É crucial que os trabalhadores abram mão de fazer uso das ferramentas que estão em más condições, principalmente as que já foram expostas a longos períodos de impactos e intensidade. O rompimento de um cabo, por exemplo, pode levar o colaborador a perder o controle, resultando em algum tipo de lesão ou choque contra si mesmo.

Podem ocorrer ferimentos de diferentes níveis, tirando o funcionário de atividade por um bom tempo. O correto a ser feito por parte dos funcionários é cobrar novos equipamentos de proteção e deixar de usar os que já não estão mais em boas condições.

O empregador, por sua vez, deve fiscalizar as ferramentas com regularidade e providenciar a atualização sempre que necessário.

Encontre gancho para amarração de carga e outros EPIs pela internet

Na Polifitema empresas de todo o país encontram os melhores equipamentos de proteção individual para trabalho em altura e movimentação de cargas, além de produtos voltados para facilitar e dar maior segurança para o que é transportado ou movimentado, gancho para amarração de cargas, lingas e correntes, fitas específicas para estas atividades e os equipamentos necessários para o transporte mais eficaz.

Veja mais: Cinta de amarração | Transporte de cargas pesadas | Cinta catraca | Içamento de cargas

Conheça mais os produtos da Polititema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga


Deixe uma resposta