Fábrica própria SP/BRASIL

Polifitema – Movimentação de Cargas

Eletricista: Saiba a importância do cinto de segurança

Por estar constantemente diante de fios e equipamentos de alta tensão em grandes alturas, os eletricistas devem contar com uma série de produtos especiais de segurança. No caso, existem EPI’s, ou seja, Equipamentos de Proteção Individual específicos, como capacetes, botas e cintos.

Segundo as leis trabalhistas, o EPI deve ser entregue ao funcionário gratuitamente, em condições de uso excelentes e devidamente autorizado com uma Certificação de Aprovação (CA). No Brasil, esses itens são obrigatórios em todos os EPI’s.

Saiba a importância do cinto de segurança

Outro tópico importante sobre o assunto está na supervisão por parte da empresa: não é o suficiente apenas entregar uma bota ou cinto de segurança, mas também é preciso instruir o colaborador a usar todos os produtos corretamente.

Ainda segundo as leis trabalhistas, cabe ao funcionário não deixar de lado o uso do EPI, além de também manter a sua higiene e conservação, solicitando à empresa qualquer necessidade de troca ou ajuste.

Sendo assim, neste contexto, um dos produtos mais importantes para eletricistas que realizam atividades acima de dois metros de altura é o cinto de segurança paraquedista.

Esse produto é usado para manter o eletricista seguro em todos os momentos, pois é fixado em um ponto que irá proporcionar a estrutura necessária para a execução do trabalho.

A partir do uso do cinto de segurança paraquedista, todo o peso do eletricista será distribuído para evitar a sua queda.

Cuidados

Porém, é importante ressaltar que, após o trabalho em altura, o equipamento deve ser guardado num local limpo e seco e fora do alcance do Sol.

Além disso, o cinto de segurança paraquedista nunca deve ser exposto a materiais corrosivos, como por exemplo, líquidos de baterias, hidrocarbonetos, ácidos, entre outros. O material também deve permanecer protegido de objetos cortantes, pois as partes do cinto que contém fitas podem ser danificadas com este contato.

O equipamento deve sempre contar com um mosquetão de qualidade. Esse produto, que nada mais é que um anel metálico com um gatilho que se abre para a passagem da corda do cinto, geralmente é fabricado de alumínio.

Por fim, vale ainda destacar que os eletricistas também precisam de outros equipamentos para realizar suas atividades com eficácia e segurança. Alguns dos principais EPIs são: capacetes especiais, botas com sola de borracha, luvas revestidas, óculos de proteção e muito mais.

Sendo assim, todo empresário precisa ficar de olho nas novidades do mercado a fim de garantir aos colaboradores uma proteção funcional. Conforme citado anteriormente, o EPI precisa ser devidamente certificado, e negligenciar isso pode significar sérios acidentes, processos trabalhistas e multas.

Também não podemos deixar de lado a questão financeira. Uma boa pesquisa dos melhores produtos disponíveis pode garantir EPI’s eficazes a um baixo custo. Dessa forma, todos saem ganhando.

Onde encontrar

A sua empresa adota todas as medidas necessárias de proteção ao funcionário?

Se você é um empresário e percebeu que precisa fazer correções ou atualizações nos seus produtos, faça isso o quanto antes. Além do cinto de segurança paraquedista, na Polifitema é possível encontrar todos os equipamentos necessários para eletricistas e outros profissionais que realizam trabalhos em altura.

Conheça os Cintos e Talabartes da Polifitema.

Conheça nossa linga de correntes.

Conheça mais os produtos da Polititema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga


Deixe uma resposta