Fábrica própria SP/BRASIL

Polifitema – Movimentação de Cargas

EPI bem cuidado: dicas de higiene e conservação

Saiba como deve ser a manutenção dos Equipamentos de Proteção Individual e quais cuidados é preciso se ter com eles. Veja também a importância dos EPIs e como atualizar o quadro da empresa com a Polifitema.

Todos os equipamentos de proteção individual precisam de cuidados e manutenção. Alguns devem ser lavados todos os dias, ao contrário do que muita gente pensa.

É preciso considerar o tipo de atividade envolvida e a exposição ao qual o EPI fica para saber como proceder com a manutenção. Por exemplo: um funcionário que realiza suas funções em local com ruído acima do Limite de Tolerância certamente utiliza alguns EPIs, inclusive o protetor auditivo. Ao final do dia, ele retira o protetor e percebe que parece sujo.

Se for o caso de um EPI descartável, basta descarta-lo no local correto, porém, se for permanente, é preciso lavá-lo com sabão neutro e água corrente e deixá-lo secar até o próximo dia.

Leia mais: Você sabe como reduzir o afastamento de seus trabalhadores?

Mas afinal, como realizar a manutenção dos EPIs?

Confira algumas dicas e procedimentos para cuidar melhor dos Equipamentos de Proteção Individual:

1-    Capacete

Primeiramente, é preciso passar um pano úmido todos os dias, ao final do expediente, para retirar o excesso de poeira e outras sujeiras. Se apresentar trinco ou se estiver sem a fita, o correto é não utilizá-lo e solicitar novo capacete ao responsável pelos EPIs da empresa;

2-    Respirador

Também é preciso retirar a sujeira ao final do dia, com um pano úmido, e depois secar com toalha ou papel toalha. Solicite troca sempre que achar necessário;

3-    Óculos

O correto é lavar os óculos com sabão neutro ou detergente sempre que for necessário. Não é permitido utilizar esse equipamento se o mesmo estiver trincado ou embaçado, e também não se deve utilizar esponja para higienização, apenas as mãos.

Após lavar, basta secar com papel toalha ou toalha macia;

4-    Calçados

Os sapatos devem permanecer arejados enquanto o trabalhador estiver fora do trabalho, sempre em local seco e na sombra. Quinzenalmente é preciso lavá-los e secá-los na sombra.

Não é permitido utilizar sapatos furados, rasgados ou danificados, e nem usá-los fora do trabalho;

5-    Protetores em geral

Devem ser higienizados todos os dias para retirada de possíveis sujeiras que podem ter algum contato com a pele, seja qual for o protetor, deve sempre ter uma atenção especial, por estar exporto também a algumas ações do clima ou temperaturas extremas.

6-    Luva, perneira e mangote

O correto é lavar esses EPIs ao final do dia com sabão neutro e deixar secar naturalmente. Não se deve utilizá-los se apresentarem estragos. Também não podem ser usados para outros fins que não sejam do trabalho;

7-    Uniforme

Apesar de muitas vezes não ser considerado um EPI, o uniforme também demanda cuidados para não prejudicar a integridade física e saúde dos funcionários.

É necessário lavá-lo sempre que necessário e não fazer uso do uniforme, especialmente no caso de EPIs (aventais, roupas térmicas, etc) fora do ambiente de trabalho. No caso de desgaste excessivo, deve-se solicitar a substituição.

Atualize o quadro de EPIs da empresa com a Polifitema

Visto que a importância dos EPIs se faz presente em todos os momentos da rotina de um trabalhador, é fundamental estar sempre atualizado em relação ao quadro de equipamentos da empresa.

Na Polifitema é possível encontrar os EPIs necessários para manter a segurança e integridade física dos funcionários, e ainda adquirir os produtos pela internet.

Veja mais: Equipamentos de movimentação | Equipamentos de movimentação de cargas  | Cintas de Amarração

Conheça mais os produtos da Polititema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga


Deixe uma resposta