Fábrica própria SP/BRASIL

Frete 2.0: já ouviu falar sobre esse termo?

Frete 2.0: já ouviu falar sobre esse termo?

O termo 2.0 se trata de uma gestão de fretes que acontece de uma maneira diferente devido às mudanças proporcionadas pela logística 4.0. O processo é digitalizado e tudo acontece via internet e por meio dos sistemas especializados. Seria, basicamente, uma transportadora digital.

Devido ao avanço da tecnologia, a digitalização dos processos se torna cada vez mais comum e está sendo inserida na logística de transporte, fazendo com que a gestão de frete aconteça com mais facilidade, inteligência e eficiência.

O surgimento dessas tecnologias está sendo elaborado por empresas especializadas no setor, disponibilizando, assim, a implementação de soluções para ajudar as empresas a melhorarem seus processos.

Vantagens do frete 2.0

Para saber qual tipo de frete escolher, separamos aqui as principais vantagens apresentadas pelo modelo de frete 2.0, confira:

Otimização de tempo

O tempo gasto para que os processos aconteçam, normalmente, são elevados, sendo assim um problema a ser solucionado. Como o processo é digitalizado, um dos benefícios desse modelo é justamente a otimização de tempo. Com mais tempo disponível, a empresa terá mais tempo para gerenciar seu negócio.

Processo inteligente

Com um processo digitalizado, a organização é maior nos processos, evitando bagunças com papeladas, consequentemente evitando o sumiço de documentos importantes. Ao utilizar plataformas digitais, é possível ter acesso em tempo real a todas as informações. Permitindo que a empresa possa realizar análises sobre os processos, dessa maneira é mais fácil localizar o que está acontecendo de errado e melhorar a dinâmica.

As informações chegam em tempo real

Essa vantagem é muito útil para quem realiza transporte de mercadorias. O dado em tempo real torna possível acompanhar onde está o transporte e o que está acontecendo durante o trajeto. Isso aumenta a segurança e o controle das cargas, dando mais qualidade e possibilitando uma ação imediata caso um problema apareça.

Tipos de frete

Existem muitos tipos de frete atualmente, e cada empresa busca estudar cada um deles para saber qual se encaixa melhor ao seu estilo de negócio, realizando, assim, a melhor entrega possível ao seu cliente final.

Entenda um pouco como funciona os principais tipos de fretes usados pelas empresas:

Normal: esse é um dos tipos mais convencionais. Nele, não existe a presença de terceiros, o contato é feito entre o contratante e o contratado. A mercadoria é retirada no remetente e entregue diretamente ao destinatário.

Subcontratação: nesse tipo de frete, existe a presença de terceiros no serviço, sendo também uma das modalidades mais comuns de transporte. Nela, as empresas contratam transportadoras menores ou maiores para realizarem suas entregas, dependendo da área territorial que a transportadora cobre, sendo, muitas das vezes, fora da área de cobertura da empresa contratante. Resumindo, a empresa contrata uma transportadora para realizar suas entregas, fazendo, então, uma subcontratação.

Redespacho: nesse modelo, o percurso é feito por duas transportadoras. Uma transportadora fica responsável por transportar a carca até um determinado ponto e a outra fica responsável em levar a mercadoria até o seu destino. Normalmente, o cliente contrata uma e a empresa contrata outra.

Contrate uma empresa de confiança para equipar seu transporte de cargas

Polifitema é uma empresa que oferece soluções em equipamentos para movimentação de cargas e elevação de cargas. O catálogo de produtos contempla equipamentos como os EPI’s e gancho para amarração de cargas.

Conheça mais os produtos da Polititema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga


Deixe uma resposta