Fábrica própria SP/BRASIL

Polifitema – Movimentação de Cargas

Investir na prevenção de riscos é mais vantajoso do que arcar com consequências

Os acidentes de trabalho são presentes, infelizmente, no cotidiano. Contudo, dentro da indústria, a ocorrência de um acidente geralmente é em uma proporção maior e muitas vezes mais arriscada, gerando consequências para o colaborador e para a empresa.

O cenário é preocupante. De acordo com a média, a cada minuto um trabalhador sofre um acidente de trabalho. Em razão desse número alarmante, é de extrema importância dar devida atenção à realização da gestão de riscos de segurança do trabalho, tornando essas ações preventivas rotineiras dentro das indústrias.

É necessário uma conscientização e prevenção por meio das organizações, com foco na parte de estratégia e planejamento de ações e a prática delas. Trata-se de uma responsabilidade da indústria. Essas ações protegem a saúde, e a integridade dos funcionários, resultando na prevenção de acidentes e também protegendo as cargas em situações adversas.

Quando um acidente acontece, as consequências geradas por ele são, muitas vezes, devastadoras. São dias perdidos, gastos a mais e o mais importante, a saúde do funcionário colocada em risco.

A tarefa de implementar as devidas ações de segurança não é, na maioria dos casos, algo simples de ser realizado. Essas ações exigem da organização conhecimentos específicos da legislação, equipamentos e técnicas direcionadas para cada tipo de atividade exercida. A atenção precisa ser dobrada e a responsabilidade ampliada para que as ações possam ser cumpridas corretamente.

A importância da segurança do trabalho para as industriais

Pensando em minimizar o número recorrente de acidente de trabalho, a responsabilidade do empregador aumentou. Ele assume o papel de reduzir e eliminar os riscos apresentados no ambiente de trabalho, proporcionando segurança ao trabalhador.

Os acidentes e doenças que estiverem relacionados à atividade que o trabalhador exerce na indústria ou empresa são responsabilidade da instituição. É estabelecido por lei o pagamento de uma indenização ao profissional que for lesionado. Fica entendido que a instituição não proporcionou meios de prevenção.

Mesmo que a culpa não tenha sido da empresa, ela será penalizada, pois o acidente foi ocasionado pelo risco apresentado pela atividade desenvolvida pelo profissional.

Prevenir a ocorrência de acidentes, portanto, é mais vantajoso do que arcar com as consequências ocasionadas por ela. Por esse motivo é que torna-se tão necessário o investimento na segurança do trabalho e o monitoramento constante dos funcionários. Quando a indústria implementa a segurança do trabalho, os riscos presentes em determinadas atividades são diminuídos ou eliminados. Consequentemente, esse investimento em procedimentos e equipamentos seguros vai acarretar em redução de riscos nas tarefas rotineiras, evitando assim qualquer tipo de lesão ou doenças nos trabalhadores.

Quando a indústria se preocupa em investir em segurança, ela mostra para o funcionário que ele não é só mais uma peça da engrenagem, e sim que é importante para a instituição, a qual zela por sua vida e preocupa-se com seu bem-estar. Com isso, a motivação da equipe é elevada, contando com menos interrupções e mais força de vontade, aumentando também, assim, produtividade.

Em indústrias nas quais o transporte de cargas faz parte da rotina, o investimento na segurança gera resultados positivos no transporte, conservando a integridade das cargas e também dos processos.  Não podemos nos esquecer dos custos, eles também são diminuídos com o bom andamento do processo.

O uso de equipamentos de proteção individual (EPI)

É importante mostrar ao funcionário que a segurança é algo essencial e que precisa ser levada a sério. Por isso, é importante que a indústria realize treinamentos para essa conscientização, capacitando também a área de gestão na melhor forma de administrar cada processo.

Toda empresa tem a obrigação de disponibilizar aos funcionários equipamentos de proteção individual (EPIs). Esses equipamentos precisam ser adequados aos riscos da atividade exercida. Quando se identifica os riscos apresentados na indústria, torna-se possível definir os equipamentos que serão usados.

O uso desses equipamentos necessita ser monitorado diariamente. Além disso, é de extrema importância sempre verificar o certificado de cada um deles, garantindo, assim, sua qualidade. Disponibilize uma tabela de controle para que todos os dias os trabalhadores assinem quando retirarem o equipamento. Com isso, o empregador sabe se estão sendo utilizados ou não.

Com a Polifitema a segurança da sua indústria fica em dia

A segurança no ambiente de trabalho é algo muito importante. Garantir a integridade dos funcionários e dos processos da empresa é fundamental. Por isso, é necessário ter todos os equipamentos de proteção que possam garantir essa segurança.

A Polifitema possui todos os equipamentos de segurança individuais que uma indústria precisa. Destacamos a importância dos EPIs e como o uso deles fazem a diferença na rotina do trabalhador e do empregador, eliminando os riscos e possíveis acidentes.

Conheça mais os produtos da Polititema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga


Deixe uma resposta