Fábrica própria SP/BRASIL

Polifitema – Movimentação de Cargas

A real importância dos EPIs e como eles podem salvar a vida do trabalhador

Todo profissional que – para o exercício pleno de sua função – precisa ficar exposto a algum tipo de risco inevitável, deve contar obrigatoriamente com um EPI – Equipamento de Proteção Individual.

Automaticamente, muitas pessoas acreditam que esse tipo de material deve ser utilizado apenas para trabalhos em altura, mas isso não é verdade.

Como um exemplo, é possível citar o colaborador de um aeroporto que todos os dias fica próximo aos altos ruídos das aeronaves. Se ele não contar com um EPI específico para os ouvidos, a médio e longo prazo poderá sofrer danos severos à sua audição.

Equipamento de Proteção Individual: sua importância

Sendo assim, a importância dos EPIs envolve não apenas qualidade de vida, mas elementos essenciais de cuidado humano e sustentabilidade no trabalho.

Contudo, muitas empresas não levam a sério essa medida, e por vezes acabam apresentando uma série de negligências no cuidado com os colaboradores, deixando de observar a importância dos EPIs ou então distribuindo materiais de qualidade duvidosa.

Nesse contexto, vale ressaltar que todo o equipamento deve ser entregue ao trabalhador de forma gratuita, sempre em condições de uso favoráveis. A legislação aponta que os produtos ainda devem ser certificados por rígidos padrões de segurança.

Vale ainda ressaltar que outra questão essencial se refere à supervisão por parte da empresa. Afinal de contas, o indicado não é apenas entregar os EPIs ao colaborador, mas também ensiná-lo a maneira correta de usar cada um deles, a fim de que não existam complicações posteriores.

Os funcionários também devem ser instruídos num outro ponto: de acordo com as leis trabalhistas brasileiras, ele não deve nunca abrir mão do uso desses equipamentos e, também é o responsável por cada um deles devidamente higienizados e conservados. Em qualquer tipo de dano ou grande desgaste, o ideal é que ele solicite novas unidades ao setor responsável dentro da empresa.

Quando os materiais antigos não forem mais usados, até mesmo o descarte de cada um deles precisa ser devidamente planejado. Afinal de contas, dependendo do setor de atuação do colaborador, os EPIs podem causar danos ao meio ambiente, contribuindo para um ciclo vicioso de destruição e falta de sustentabilidade.

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito da importância dos EPIs, confira a seguir quais deles são os mais utilizados pelas empresas e indústrias.

Tipos de Equipamento de Proteção Individual

– Cinta de segurança

– Talabarte

– Óculos de proteção

– Macacão

– Bota de segurança

– Respirador

– Protetor auricular

– Protetor facial

– Luvas

– Proteção do tronco

Se você trabalha como empresário ou gestor em alguma atividade de risco, fique atento a todas as medidas indicadas por lei para a proteção do colaborador. Faça pesquisas e certifique-se que as encomendas, a distribuição e o monitoramento de cada um dos produtos está sob controle.

Afinal de contas, negligenciar esses aspectos pode acarretar sérios danos ao bem-estar dos seus colaboradores, bem como comprometer o desenvolvimento dos negócios.

Confira também como reduzir os riscos de um trabalho em altura

Dessa forma, conte com os produtos da Polifitema e trabalhe de uma vez por todas com equipamentos de qualidade e altamente recomendado por especialistas em segurança do trabalho. Clique aqui para acompanhar mais dicas e matérias no blog.

Conheça os procedimentos de trabalho em altura pela Polifitema

Conheça mais os produtos da Polititema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga


Deixe uma resposta