Fábrica própria SP/BRASIL

Polifitema – Movimentação de Cargas

Dicas especiais para redução de acidentes em obras

Veja como evitar acidentes em obras e qual a importância dos EPIs durante a realização de um trabalho em altura.

Além de saber como desempenhar um determinado trabalho, é preciso compreender com clareza quais são todos os riscos associados à prática e, mediante isso, fazer uso de técnicas e ferramentas para diminuir os índices de acidentes.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 40% dos acidentes em canteiros de obras no país estão relacionados à queda de trabalhadores durante o exercício de um trabalho em altura.

A participação do segmento de construção civil no total de acidentes do país, com vítimas fatais, avançou de 10% em 2007 para 16% em 2013, o que significa uma média de 450 mortes por ano.

Veja como é possível diminuir essa incidência com dicas práticas:

Dicas para Redução de Acidentes em Obras

Planejamento

Se existe mais de uma maneira de realizar a atividade, o trabalho mais arriscado deve ser evitado.

Quando não for possível, deverá ser realizado por trabalhadores totalmente capacitados, em bom estado de saúde e conscientes de todos os riscos e detalhes da atividade.

Também é preciso observar fatores externos que possam influenciar nas condições do local, como trabalhos simultâneos e clima.

Além disso, é crucial garantir que os Equipamentos de Proteção Individual sejam de qualidade, estejam atualizados e contenham o Certificado de Aprovação.

Importante salientar que a existência de um sistema de comunicação entre toda a equipe e pontos de ancoragem aplicados por profissionais no assunto devem fazer parte desse planejamento.

Equipamentos de Proteção Individual

Os EPIs utilizados em trabalhos de risco, como o trabalho em altura, são um investimento e devem ser selecionados de acordo com o conforto, a eficiência e a resistência exigidos por cada tipo de atividade.

Também é necessário levar em consideração a adoção de uma rotina de inspeções regulares, com o intuito de identificar possíveis degradações ou defeitos provenientes do uso contínuo dos EPIs.

Quando não apresentam 100% de seu desempenho, os materiais devem ser descartados, exceto quando a restauração estiver prevista pelo fabricante.

Além disso, a adoção de uma solução tecnológica especializada no segmento de construção civil pode apoiar tanto a manutenção dos equipamentos de proteção quanto uma gestão mais eficiente da segurança no trabalho como um todo, através do registo e controle de informações para ajudar os gestores a não perder nenhum prazo e ainda oferecer melhores e mais seguras condições de trabalho em toda a obra.

Um sistema pode auxiliar nessa missão de integrar todas as áreas da empresa e, assim, gerenciar a obra ao mesmo tempo em que atende com propriedade a produção dos trabalhadores.

Treinamentos

Os gestores devem promover, com regularidade, treinamentos teóricos e práticos para passar aos funcionários instruções claras, de forma que todos compreendam do que se tratam as atividades desenvolvidas pela empresa e os cuidados que as mesmas exigem.

Tenha acesso aos melhores EPIs do mercado com a Polifitema

A Polifitema sabe da importância dos EPIs para evitar acidentes em obras, por isso oferece, em seu catálogo, uma gama de EPIs para trabalho em altura, amarração de cargas e movimentação de cargas.

Veja mais: NR 35 | EPIs | Talabarte | Trabalho em altura | Trava quedas | O que é EPI

Conheça mais os produtos da Polititema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga


Deixe uma resposta