Fábrica própria SP/BRASIL

O que é PGR e como implementar o gerenciador de riscos?

O que é PGR e como implementar o gerenciador de riscos?

Riscos são parte de qualquer empreendimento, mas saber gerenciá-los corretamente é uma característica importante das empresas que querem ter sucesso em suas atividades. No entanto, só é possível gerenciar tais problemas se eles forem bem avaliados e conhecidos.

Em um campo dinâmico como o de movimentação de cargas, existem poucos espaços para erros, e os riscos devem ser muito bem calculados, uma vez que a segurança dos seus colaboradores e a produtividade do seu negócio dependem disso.

Se você quer saber como utilizar um Programa de Gerenciamento de Riscos (PGR), não deixe de acompanhar esse artigo até o final!

O que é o Programa de Gerenciamento de Riscos? 

O PGR é uma estratégia aplicada em empresas de diferentes portes que tem como objetivo mapear todos os possíveis riscos presentes em um ambiente de trabalho, sejam eles de natureza física, biológica, química ou logística.

Tal programa é capaz de traçar estratégias que evitem acidentes prejudiciais à força de trabalho e prejuízos financeiros decorrentes da avaria de cargas, minimizando, assim, impactos a curto, médio e longo prazo.

Qual a importância do PGR para a logística? 

Levando em consideração que a logística trabalha com a movimentação de cargas frequentemente bastante pesadas, qualquer risco não planejado pode representar um grande déficit financeiro. Portanto, prevenir-se contra tais situações deve ser prioridade para qualquer empresário da área.

Um Programa de Gestão de Riscos fornece todas as informações necessárias para que os gestores façam decisões aconselháveis e tenham como maior objetivo o desenvolvimento da empresa, tendo cautela para que as ameaças não se tornem grandes problemas.

Como aplicar um PGR de maneira prática? 

É importante visualizar como tal plano se adapta às rotinas de sua empresa. Por isso, a seguir, você encontra duas das principais aplicações de um PGR no setor logístico e de movimentação de carga.

Nos centros de distribuição

O manuseio de ferramentas e máquinas dentro dos centros de distribuição deve ser minuciosamente analisado, a fim de evitar acidentes e estabelecer cursos de ação para possíveis eventualidades.

O uso de equipamentos de proteção individuais (EPI) nesses ambientes também deve ser imperativo, já que itens como esses são importantes para a preservação da integridade física dos funcionários.

Durante o transporte de cargas

Esse processo é um dos mais importantes para qualquer empresa de logística, assim como um dos mais arriscados. Sendo assim, prevenir-se contra acidentes de trânsito e perdas de itens é essencial.

Isso pode ser realizado com o treinamento extensivo dos colaboradores, além do uso de equipamentos de segurança, tanto para os motoristas, quanto para as cargas.

Segurança nunca é demais

Quando o assunto é segurança, não há como pecar por excesso; o prejuízo humano e financeiro pode ser muito alto. Portanto, o uso de equipamentos de segurança são mais que um gasto operacional: são verdadeiros investimentos.

Se você, como gestor, tem essa preocupação, saiba que a Polifitema pode ajudar a sua operação a ser mais segura e produtiva. Somos uma empresa com ampla experiência no mercado de instrumentos de segurança individuais e movimentação de carga, oferecendo soluções resistentes a grandes empresas de todo o Brasil.



Deixe uma resposta