Fábrica própria SP/BRASIL

Movimentação de cargas nos portos brasileiros cresceu 9,4% no primeiro semestre

Movimentação de cargas nos portos brasileiros cresceu 9,4% no primeiro semestre

Espera-se que, no segundo semestre de 2021, os portos nacionais movimentem 626 milhões de toneladas

Segundo dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), o setor portuário (portos organizados, terminais autorizados e arrendados) contou com uma movimentação de carga de 591,9 toneladas no primeiro semestre deste ano. Isso representa um aumento de 9,4% em relação ao mesmo período de 2020. Os dados estão no painel Estatístico Aquaviário da ANTAQ.

De acordo com o diretor-geral da ANTAQ, “Os números são auspiciosos. Mostram que o setor aquaviário mantém seu crescimento contínuo. E isso é fundamental para a economia do país, para a geração de emprego e renda. Mais uma vez a Agência divulga as estatísticas do setor de forma célere e moderna”.

O aumento correspondeu a 6,4% na movimentação de granel sólido, 11,6% no granel líquido, 16,3% em contêineres e, por fim, 19,1% na carga geral solta. Em relação ao granel sólido, 343,2 milhões de toneladas foram movimentadas no primeiro semestre, ou seja, 58% do total da época.

Entre as cargas mais comuns, está o minério de ferro, com 171,8 milhões de toneladas, isto é, um crescimento de 12% em relação ao primeiro semestre do ano passado, momento em que se iniciava a pandemia de Covid-19. Na sequência, está o petróleo, com 97,2 milhões de toneladas, um aumento de 8%. Também tiveram protagonismo a soja, contêineres e derivados do petróleo. 

Em relação ao granel líquido, a movimentação foi de 153,5 milhões de toneladas, representando 28% da carga. Já os contêineres contabilizaram 65,4 milhões de toneladas (11% da carga) e as cargas, em geral, 29,7 milhões de toneladas (5% do total). O levantamento ainda mostrou que o porto com mais destaque em movimentação de carga foi o de Vitória, com um aumento de 30,6% no primeiro semestre e 3,7 milhões de toneladas.

O diretor-geral da ANTAQ acredita que o crescimento do segmento é devagar, mas continuo, apontando que a reabertura econômica é o principal fator da movimentação portuária. “Os resultados mostram que o setor aquaviário mantém seu crescimento contínuo. E isso é fundamental para a economia do país, para a geração de emprego e renda. Tudo isso por conta da reabertura econômica, com o avanço da vacinação”, ressaltou o diretor-geral. 

Expectativas para o segundo semestre

Os dados da pesquisa apontam que a expectativa para o segundo semestre de 2021 é de que os portos nacionais movimentem 626 milhões de toneladas. Para o ano, espera-se 1,2 bilhão, isto é, um aumento de 5,5% em comparação com o ano passado. Ressalta-se que, para a realização da movimentação de carga, deve-se contar com uma cinta de amarração de carga

Cuidados na movimentação de cargas

A Norma Regulamentadora 11 (NR 11) – Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais – estipula diretrizes para garantir a segurança e integridade física dos trabalhadores. Entre os cuidados citados, está a observação das boas condições de uso dos equipamentos, a utilização de EPIs e a recomendação de nunca exceder a quantidade de carga recomendada por equipamento. 

Conheça mais os produtos da Polifitema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga, Cinto de segurança paraquedista, Trava quedas e Içamento de Cargas


Deixe um comentário

×