Fábrica própria SP/BRASIL

Transporte de cargas: quais são as cintas ideais para caminhões?

Transporte de cargas: quais são as cintas ideais para caminhões?

Para quem trabalha na estrada, a segurança da carga é uma preocupação fundamental. Investir em uma boa cinta para caminhão pode ser o diferencial para sua carga chegar em boas condições após uma viagem. São necessárias boas cintas de segurança para garantir que a carga não vá ficar vulnerável a uma estrada acidentada e às curvas, o que pode causar acidentes tanto com a carga quanto com os outros motoristas. 

Cintas de reboque também são boas companheiras de viagem, podendo ser usadas para auxiliar em um reboque ou para subir uma ladeira. Continue o texto para saber mais sobre as cintas para caminhões e como elas podem ser utilizadas!

Quais são as cintas mais utilizadas em caminhões?

Cintas de amarração

As cintas de amarração se tornaram itens obrigatórios desde 2017, a partir de uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). O motivo da obrigatoriedade é a segurança que a cinta para caminhão proporciona. Com ela, a carga fica bem-acoplada ao interior do caminhão, impedindo os itens de saírem do lugar ou cair, o que pode fazer com que a carga gere atrito entre si, causando dano às mercadorias.

As cintas são altamente resistentes e duráveis. O material usado na fabricação é o poliéster, o qual possui um bom alongamento e alta tenacidade, dispondo de uma catraca fixa ou móvel para ser utilizada no caminhão.

Existem diversos métodos de amarração para as cargas, os quais levam em conta as características do material transportado, como seu peso, tamanho, formato e espaço que ocupa.

Elas podem ser amarradas por fixação direta com dispositivos de fixação, que é quando a carga é fixada por meio de ganchos presos no chassi com as cintas. Essa forma é principalmente utilizada para amarrar materiais pesados, como máquinas. A carroceria do caminhão precisa ter o preparo para suportar cargas pesadas.

Quando a carga é retida junto à estrutura da carroceria, utiliza-se fixação direta em contentores específicos, que são específicos justamente porque já são fabricados para essa demanda. É o que acontece, por exemplo, com carrocerias basculantes e tanques.

A fixação envolvente (tie-down) é quando o peso da carga é forçado contra o piso do caminhão, impedindo a carga de deslizar.

Também pode ser feita fixação direta com o uso de bloqueadores, que é uma forma bem comum de fixar a carga na prática.

Cintas de reboque

As cintas de reboque podem ser utilizadas também para veículos pesados e são úteis para ajudar o caminhão a subir uma ladeira ou ser rebocado. As cintas são fáceis de manusear, resistentes, de fácil armazenamento, leves e fabricadas em diversos tamanhos.

Com a ajuda de um trator, o caminhão com carga pode ser rebocado até estar em uma estrada segura de forma eficiente, esse sistema já é uma realidade no agronegócio, em que as carretas vão buscar a produção agrícola no meio da lavoura e têm que enfrentar estradas de terra e aclives carregadas, precisando de um reforço para se locomoverem.

Conheça as cintas para caminhão da Polifitema

A Polifitema trabalha com diversos modelos de cinta para caminhão. Feitos em poliéster e com catraca, a empresa conta com modelos que suportam cargas de até 10 toneladas e que possuem até 12 metros de comprimento.

Quer conhecer melhor os modelos? Navegue pelo site da Polifitema, faça download do nosso catálogo de produtos e solicite um orçamento!

Conheça mais os produtos da Polifitema, oferecemos produtos para: Trabalho em Altura, Elevação de Carga, Amarração de carga, Cinto de segurança paraquedista, Trava quedas e Içamento de Cargas



Deixe um comentário

×