Fábrica própria SP/BRASIL

Fator de queda NR 35: saiba como calculá-lo

Fator de queda NR 35: saiba como calculá-lo

Muitos acidentes de trabalho acontecem no Brasil todos os anos. Infelizmente, esse é um grande problema que deve ser levado a sério pelo Estado e pelas empresas que atuam com atividades de risco. Esses acidentes acontecem por diversos motivos, sendo que o trabalho em altura acaba contemplando grande parte deles.

Por esse motivo, neste post, nós vamos te explicar tudo sobre o fator de queda NR 35, como fazer o cálculo e como evitar esse tipo de acidente. Acompanhe!

O que é fator de queda?

Quando um operador de altura cai de determinada altura, seu corpo exerce uma força de impacto contra o local da queda. A partir disso, é preciso sempre entender que tipo de força será essa e se ela apresenta um risco baixo, médio ou grande de vida para o profissional. 

Dessa forma, o fator de queda é a divisão entre o tamanho da corda ou talabarte e a distância da queda. Sabendo o fator de queda, é possível identificar qual será o impacto do corpo do operador no local onde ele caiu. É preciso calcular esse fator de queda antes de proceder com qualquer atividade.

Como calcular?

Para calcular o fator de queda NR 35, você precisa seguir uma fórmula bem fácil de ser feita, porém de extrema importância. A fórmula é:

Fator de queda = altura de queda/comprimento do equipamento de proteção

O resultado do fator de queda pode ser de: 0,5, 1 ou 2. Se o resultado for maior do que 2, a atividade não deverá ser realizada, pois o impacto de uma possível queda seria muito forte. Além disso, caso o resultado seja 1 ou maior, será preciso utilizar equipamentos de absorção de quedas.

Como evitar acidentes no trabalho em altura?

Para evitar acidentes de trabalho em geral ou especificamente em altura, é preciso utilizar equipamentos de proteção de alta qualidade, como os vendidos pela empresa Polifitema. As cordas, talabartes e outros equipamentos devem ser resistentes e testados para que cumpram a sua função de maneira adequada e assegurem a integridade física e a vida dos operadores de trabalho em altura.

Além disso, os profissionais devem ser treinados para realizar esse tipo de trabalho, de modo a entender o fator de queda e saber o que devem ou não se dispor a fazer, bem como utilizarem os equipamentos de maneira segura e adequada.

NR 35

A NR 35 é a responsável por estabelecer os principais requisitos de trabalho em altura. Dentro dessa norma estão as principais regras (obrigatórias) que as empresas, e os colaboradores que exercem essa atividade, devem cumprir para assegurar a vida desses profissionais e a dos que transitam pelo local onde o trabalho é realizado.

Adquira os equipamentos da Polifitema

A Polifitema é a principal empresa do segmento de comercialização de produtos utilizados para assegurar a proteção de operadores de trabalho em altura. A empresa conta com equipamentos utilizados por empresas e profissionais que estão enquadrados no fator de queda NR 35, como também dispõe de um atendimento especializado em movimentação de cargas, içamento de cargas e EPIs.



Deixe uma resposta